DONA JUREMA BLACK STAR apresenta: EU E VOCE CONTRA TODA A MALDADE DO MUNDO


ESTRELA, EU?

O mundo é cheio de idiotas famosos e anônimos.
Então teve um célebre idiota que não teve a manha de falar direto pra mim,
mas disse pelas minhas costas que eu sou "estrela". Aí calhou de eu descobrir.
Eu...estrela!

Eu podia deixar quieto, mas não vou. Que não tem trouxa aqui.
Então segue a minha resposta "bed" boy:

Prezado Trouxa,
Eu não sou ESTRELA,
ESTRELA é você!

Porque pra mim, ESTRELA nada mais é do que a luz de um planeta que JÁ MORREU e ainda não se deu conta.
Quando se dá conta que tá morto, simplesmente...APAGA!

Eu não sou ESTRELA,

EU SOU O SOL...ASTRO-REI. Sacou?
E mesmo no final, eu não estou fadado a "apagar" igual você,
porque o SOL, meu cumpadre, ele não apaga, o SOL EXPLODE
e no dia que EU-SOL explodir, levo todo mundo junto comigo!

Segue teu caminho, não atravessa no meu, porque eu sou filho da periferia e aqui a conversa é mais embaixo.
Ah, mais uma coisa, não esqueça do filtro solar,hein!


Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 11h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




HÁ MAIS DE UM MÊS!

Faz tempo que não me escrevo.
Minha cabeça tem andado uma salada com um monte de coisa pra fazer, pra pensar, pra querer, pra realizar.
Meu filme tá saindo, mas demora mais do que eu aguento. Tenha saco!
Continuo na tour das litotripicias da Chuckys (hoje tem mais uma)
e não estou exatamente feliz.
Tenho escutado anos 50 mais do que o normal,
o bom e velho sentimento de deslocamento no tempo e espaço
as vezes queria estar em outra época em 1950 e pouco, em outros momentos em 2050...
Então, tô tentando tirar umas músicas na semi-acústica,
really rockabilly rsss
mas técnica não aparece de um dia pro outro...Dedicação. Esse é o segredo.
A Máfia de Memphis, pelo que me parece vai decolar. Segunda tem ensaio.
Vamos ver se tem foto e eu posto.
Tô com o saco na Lua, e tô aqui pensando:
Profissionalmente falando, para aquilo que vc mais quer (de coração) pra sua carreira,
para sua vida.
Você e todo mundo sonha em encontrar a pessoa certa, na hora e lugar certo.
Aquela que vai te dar A CHANCE que vc tanto espera de mostrar o quanto é bom
Mas o que eu penso é que há uma diferença:

Porque VOCÊ é que tem de ser a pessoa certa (para quem/aqueles que te encontrar(em)) na hora e lugar certo(s).
E quando isso acontecer...não basta sorte, nem talento,
mas fundamental (além da feliz sorte e do talento mais que necessário) é estar preparado.

Quando a sorte bater na sua porta...
Vc vai estar preparado? Vc vai ser a pessoa certa?
O que tem feito pra isso?
Happy , September,7.

PS.: Ah, Esta noite tive sonhos muito loucos! Alguns prédios pegavam fogo e caíam!
It`s the end of the world...and I feel weird!

Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 07h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




FIZ NIVER ONTEM!

E tudo o que eu sinto, um dia depois...
é que eu sou uma ilha, rodeada de mediocrídade por todos os lados. (ou quase todos)
e uma parte da medíocridade que eu vejo, talvez seja reflexo da minha própria.
Mas sou grato e sigo adiante.

Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 23h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PROBLEMAS TERRENOS!




Eu, o Grande Ipiranga e Maurício (20.07.2007)(foto by Doido)

Apenas 3 dias depois da nave da TAM ter explodido com vidas e sonhos de centenas de pessoas
me encontro em uma sexta de sol e céu de brigadeiro a 12.000 pés (mais ou menos 5 km do solo)em um Cesna turbinado
esperando a porta do avião abrir pra o Ipiranga e o Doido se jogarem sem medo de serem felizes.
Acho que se jogar na vida é exatamente a mesma coisa, do mesmo jeito.
Tem gente que morre de medo e quando abre a porta do avião... trava.
Não tem a manha.
Depois que os caras pularam, o avião deu um mergulho no nada, como que se quisesse acompanhar os meninos.
Na verdade nada além de uma manobra arriscada para perder altitude mais rápido.
Pouca gente sabe, mas um avião em mergulho faz com que seus orgãos internos sacudam dentro de vc.
Vc sente as vísceras se mexerem, rola um vertigo rápido e rasteiro, o ouvido sofre uma pressão quase insuportável.
Daí, que neste momento eu voltei a pensar nos passageiros do vôo da TAM.
O Avião chegando na pista, o flap abrindo, a sensação de estar chegando em casa...
e de repente , ele passa direto,rápido, mas com o tempo cruelmente suficiente para que as pessoas que estão lá,
saibam que aqueles são seus últimos segundos de vida.
Pensei que a Marta Suplicy podia naquele mesmo momento estar relaxando e gozando num motel que tem exatamente ao lado da TAM Express (na rua detrás)
E que em sincronia com seu gozo murcho, o clarão e a bomba do avião explodindo contra o prédio da TAM
lhe dera a impressão de que com o tremor de terra, o deslocamento de ar, aquele fora sim, o maior gozo que ela já teve na vida.
Pobre Marta que estás no chão, gozai e relaxai por todos nós
e por aqueles que jazem no céu e nos CÉUS da periferia construídos por ela.
Naquele mergulho no infinito, pensei nos homens engravatados de Brasília e seus pintos murchos, flácidos, impotentes com suas vergas que não sobem. Assim como não sobe o país.
Políticos sem alma, sem competência, sem moral, sem vergonha.
Pensei que esta semana eles terão mais corpos sob o colchão quando forem dormir à noite sob suas camas de cadáveres.
Mas pensei também, no imenso amor que sinto pela humanidade, pelos animais, pelas crianças, pela natureza.
E pensei na Tati, que estava de co-pilota...uma comissária de bordo que nunca havia estado em um avião.
Coisas da aviação brasileira.
Tudo isso foi muito rápido, o tempo de dar um grito pra pôr pra fora a adrenalina e sentir o horizonte de cabeça pra baixo.
Outra manobra e ao invés de céu, a visão era a do chão e grama beeem lá embaixo.Depois, a estabilidade.
A tão sonhada estabilidade.
E o resto é história pra contar pros netos.
Aliás, se é pra morrer, que seja depois dos 100, dormindo em uma cama macia,
com os filhos e netos à minha volta comentando entre eles: "-Esse velho foi foda! Esse aí viveu, viu? O Vô aí teve história pra contar!"
Por falar em volta, foi na volta ao solo que eu tive a certeza.
No céu não há problema nenhum. Difícil é lidar com os problemas terrenos.
Sabe quando a porta abre e vc tem que se jogar?
Tem gente que trava.
Tem gente que se joga.
E voce? Faz o que?
A Marta relaxa e goza...e a cada gozo é um avião que explode.
Já reparou como alguns políticos serão lembrados por suas frases erradas, nas horas erradas?
Já reparou que a exemplo da Malufiana "Estupra mas não mata!" a da Marta é irmã da frase do Maluf?,
Fica sub-entendido que se o estupro é inevitável "relaxa e goza"
De tanta alusão que eles fazem ao estupro, fica claro que aqueles que são estuprados por estas bestas,por estas aberracões políticas, somos nós.
E é assim que eles exercem seu poder sobre o povo. Cagando e andando pro povo.
Como pode? Neguinho enfiou uma bala na cabeça de Martin Luther King, em Kennedy em John Lennon.
Onde estão os homens de boa pontaria com tanto Bush, Chaves e Ladens dando sopa por aí?
Sabe na hora que a porta do avião abre?
Você faz o que?
O Ipiranga acabou tendo de saltar de novo, mas mandou bem,velho!Muito bem!
Deus abençoe as feras e as crianças!

Ipiranga em alto-ar. Eu tô aí nesse avião. Boituva. 20.07.2007 (photo by Doido)

Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 00h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




OS VERDADEIROS HERÓIS NUNCA MORREM! ELES SEMPRE VIVERÃO!



Hoje foi um dos dias mais felizes de minha vida.
20 Dias exatos antes de meu aniversário já ganhei meu presente.
Justo em um cabalístico (pra mim)7.7.7;
Ontem descobri que meus heróis, o "Crowded House" havia voltado,
e após mais de 10 anos se apresentariam ao vivo.
Mesmo depois do suicídio do Paul Hester.
De ontem pra hoje passei a noite inteira acordado. Olhos vermelhos, cheios de areia. Cochilando na frente do laptop.
E enfim...de manhã,(e já noite lá!!!) direto de Sidney , Australia: Crowded House is back.
Cara, é difícil dizer o que esses caras representam pra mim:
emoções, lembranças, alguns dos melhores momentos de minha adolescência,
trilha de conforto para alguns dos piores também.
Acho que terei 100 anos e escutarei o som desses caras com a mesma reverência, respeito, amor e admiração.
Neil Finn, Nick Seymour, Mark Hart, Peter Green, o novo batera Matt Sherrod, Tim Finn, Liam Finn & Cia...EU AMO ESSES CARAS DE TODO MEU CORAÇÃO.
Dá até um aperto no coração, os caras estão velhões, mas inteirões. O show foi lindo. Todo o estádio cantando junto:
"Fall at Your feet", "Dont Dream Its Over"; "Something So Strong";
Uma pérola atrás da outra.
Chorei que nem criança, e tô chorando até agora.
É bom ter heróis e saber que estão vivos.
Hoje o sol vai brilhar o dia inteiro.
O final apoteótico não podia ser melhor: "Weather With You"...tudo a ver com o Live Earth.
"Everywhere you go, you always take the weather with you"
No palco, a nata da música australiana e neo-zelandeza...incluindo aí a ilustre presença de Jack Johnson.
Não é à toa que alguns de seus mais ilustres fãs são: Red Hot, Radiohead, U2, Eddie Vedder do Pearl Jam, Johnny Marr dos Smiths, Sir Paul McCartney e eu (rss)
Sejam bem-vindos ao lugar de onde nunca deveriam ter partido: em cima de um palco tocando algumas das músicas mais lindas jamais escritas.. obrigado por existirem!
E deixa eu chorar, que dessa vez é de felicidade.



Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 11h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




QUANDO TUDO O QUE EU SINTO É RAIVA!

Crux Sacra Sit Mihi Lux
Non Draco Sit Mihi Dux
Vade Retro Sátana Nunquam Suade Mihi Vana
Sunt Mala Quae Libas Ipse Venena Bibas



Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 22h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




RECEITA DE TAPIOCA DA DONA MARIA - MAS A MULHER TEM QUE SER MACHA PRA FAZER, HEIN?

OLha, resolvi colocar aqui uma receitinha básica, pra deixar o dia mais doce.
TAPIOCA DA DONA MARIA, NO SITE DA DONA JUREMA BLACK STAR.

Ingredientes:
1 litu de leite
1 colhé
1 vasia
1 coco fresco
1 faca
1 martelo
1 massa de tapioca
1 copo
1 leite moça virgem
1 panelinha (desde que seja redonda)
1 pitada de sal
1 mainzena
1 cumbuca
1 rolinho de fio dental
1 escova de dente com pasta a gosto
1 prato (pelo menos)
1 toque pessoal de cada um.

MODO DE PREPARAR:
Pegue o martelo e quebre o coco. Pegue a faca e corte o coco.
Já percebeu, né? É pra acabar com a raça desse coco filha da puta.
É pra descontar a tensão pré-menstrual e do dia a dia nesse coco de merda.
Tá na suas mãos. Ele é seu refém.Agora chegou a sua vez de descontar no coco aquela raiva que você tem do seu marido, do seu noivio, do seu namorado, do seu cacho.
Se você se impressiona fácil, nem comece com frescurinha, começou agora vai ir até o fim.
Não se incomode se o coco demorar para quebrar.
Lembre que "a comida imita a vida" ou seji, é que neim a primeira vez que você aceitou dar o cú , lembra?
Parece que não vai, mas uma hora quebra o cabaço e vai de uma vez.
Não se impressione, quebre essa merda desse coco. E quando começar a escorrer aquela água de dentro dele.
É pra chupar igual os índios fazia quando matava e arrancava o coração do inimigo.
Lembre-se: "-É o coco ou você".
Coloque os restos cocais do coco na vasia de modo que ela deixe de ser vasia e fique cheia.
Punha no cópo o leite do lito de leite, mas só um poco. E beba.
Faz bem beber leite.
Pegue a faca, olhe pro coco com cara ameaçadora e diga pra ele "-Pensou que acabou? Acabou não!"
Aí você toca o terror no coco e rala o filha da puta.Que adianta ter três olho se não enxerga e ainda dá um pra furar, né? Lembre-se sempre disso quando olhar pro coco e pro seu marido.
Ah é...no meio dessa selvageria toda, não esqueça de de que é pra ralar o coco.
Sem dó, hein? É pra ralar.
Isso tudo podia ser evitado se você contratasse um matador profissional de coco, e ele já chegasse num saquinho,ralado e tudo. Mas aí eu pergunto: "-Que graça tinha, né?"
A questão aqui é fazer desjustiça com as próprias mãos.
Então mãos na obra, agora pegue a vasia e deixe ela cheia com o coco. Porque quando eu pedi agora há pouco vc não fez o que eu falei que era pra fazê. (Pensa que eu não vi?)
Ponha na cumbuca a massa da tapioca, a pitada de sal e um pouco de mainzena e mexe tudo
até a massa ficar mexida.
Beba mais um copo de leite, que faz bem.
Tá mais calma?
Agora acenda o fogo desse fogãozão que ninguém pilota melhor do que você,
aproveita a chama e acende aquela bituca di ontem, que você guardou, ponha a mão no quadril e faz cara de poderosa, igual as dirva dos anos 40, fumando o bitucão.
Impõe respeito nesse fogão, entendeu?
Não é porque o nome dele tá no aumentativo que você tem que se diminuir porque é mulher.Nãããoooo.
Que adianta ter quatro boca se nenhuma fala, né?
E você com uma boca só faz esse boquete maravilhoso, fala mal das vizinha vadia, faz o maior estrago!
Esse fogão não é nada sem você, lembre-se sempre disso quando olhar pra ele e pro seu marido.
Vai, põinha a panela, coloque a massa fazendo um circo em toda a circunferênça da panela
(lembre que a panela tem que ser redonda, tá? Senão não tem jeito de fazer o circo.)
Daí quando a massa tiver seca e quente e redonda, com os hormônio a flor da pele, bem osbcena...
Acabe com a graça dela. Tire ela de lá, pois chegou a hora de ponhá num prato e ponhá o coco
e soca leite de moça virgem (quer dizer, a lata virgem, porque se fosse só a moça virgem, cê num faz mais tapioca nunca)
Daí dobre a parte redonda, fazendo virar um envelope de tapioca, como se fosse um envelope.
E tome mais um copo de leite que faz bem.
Pronto agora é só dar pra alguém comer. A tapioca.
Se a pessoa gostar você come também.
Isso tudo demora o tempo que vc quiser, dependendo do toque pessoal de cada um que também é um ingrediente que é um pús a mais e não pode esquecer, né?
Ah, mais uma coisa, saboreie com moderação.
A escova e o fio dental é pra tirar o coco ralado do dente, que gruda mais que "pentelho nos vão", né gente?
Bão apetit!
Deus abençoe. E indica pros amigo que quem sabe um dia desse aquela peruazona da Ana Maria Praga me chama pra cozinhá no programa dela, né? Fazê um ensopado de loro.

Daí, dispois, fica ansim:
assinado: Dona Jurema


Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 11h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O DELICIOSO E PEFUMADO PEIDO DOS FAMOSOS E A SÍNDROME DE FORREST GUMP

É incrível a quantidade de notícias que tem invadido a internet, as bancas, os jornais que me entregam no faról
(aliás, jornalzinho bacana esse METRO, né?) com gente rica e famosa fazendo qualquer coisa.
Qualquer coisa mesmo.
Como já dizia o filósofo Falcão: "-Eu sei que a burguesia fede, mas tem dinheiro pra comprar perfume."
A Eliana que cantou "vai tomar no cú", a Paris Hilton que chorou ao sair da cadeia, Nicole Kidman que diz que não
consegue parar de fumar,a Britney que deixou um seio à mostra experimentando uma roupa numa loja.
Gente como a gente. Gente como a gente o caralho. Quisera eu, ter a grana que esse povo tem pra que cada coisa tocada se transforme em dinheiro,money, tutú,bufunfa,gaita,gold,plata,guita.
E o que mais me dói é que eu conheço um monte de gente legal, que é relegada em prol desse povinho bunda.
Aí me bate aquela síndrome de Forrest Gump...o cara que conhece um monte de gente, já viu um monte de coisa,
tem um monte de história pra contar, mas simplesmente ninguém sabe quem é. Ainda.
Esse "AINDA" é em meu nome e em nome do Clube dos Artistas Emergentes. Fundação com Fins e Afins Lucrativos.
Pra gente como a gente que tem necessidade vital de ter que ter idéias, uma idéia por dia, pra seguir sobrevivendo.
Segurando o peso dos pensamentos criativos em nossas cabeças.
Quanto maior a distância entre uma orelha e outra, mais espaço pra humanidade evoluir criativamente.
Mas isso é besteira,viu?
Enquanto isso, o povo vai cheirando cada peido que os ricos soltam lá de cima.
E como eu já disse antes...É tudo uma questão de Lei da Gravidade, talvez a única Lei que funcione nesse mundo.
É assim: Toda a merda que cagam lá em cima, inevitavelmente vai cair em baixo.Bem aqui em nossas cabeças.
É um fato geográfico e social.
Por isso crianças...abram os guarda-chuvas, o bombardeio já começou...e faz tempo.


Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 10h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PROGRAMA DE BURGA

A conta é simples: 2 pessoas vão ao cinema .
Uma inteira e uma meia.
A inteira é R$16,00/ A meia não é exatamente a metade, é R$9,00.
Pedem uma pipoca e um refrigerante = R$15,00
Pagam R$5,00 de Estacionamento
Colocaram R$15,00 de gasolina.
Gastaram R$60,00!
Sabe o que dá pra comprar de comida no supermercado com R$60,00?
Sabe quanto custa, no mesmo supermercado, um saco de milho? R$3,00.
Com esse saco de milho vc consegue fazer umas 4 panelas de pipoca.
No mesmo supermercado você compra 2 litros de Refrigerante por R$2,50;
Resumindo, ir ao cinema é programa de rico. E depois neguinho pergunta:
Por que o povo não vai ao cinema?
Na verdade 1% do povo brasileiro vai ao cinema.
Por que o povo compra filme no camelô?
1% de 200 milhões...
Como neguinho é burro achando que vai ganhar mais com a pipoca que com o filme.
Pensam em 1% e esquecem dos 99%.Olha quanta gente estão deixando de atender.
Por que o povo não vê filme nacional?
Ganhar mais com pipoca do que com o filme, não é vergonhoso, é nojento.


Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 07h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PARA PETER SELLERS


"Este filme o dedicamos aos tolos,
aos inconformados,
aos rebeldes,
aos ingênuos,
a todos que, como eles,
vêem as coisas de modo diferente;
Porque eles não amam as regras
ou qualquer espécie de regulamentos;
E não têm o mínimo respeito pelo "status quo".
Podem criticá-los,
estar em desacordo com eles
Poderão glorificá-los
ou denegrí-los.
Mas a única coisa que não poderão jamais
é ignorá-los
Porque eles escolheram mudar as coisas,
Porque fazem progredir a humanidade,
E apesar de alguém definí-los como tolos,
nós os vemos em cena.
Porque só aqueles que são tolos o suficiente para pensar que podem mudar o mundo,
o mudam de verdade."
Eu sou um tolo e agradeço a Deus por sê-lo.



Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 16h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DÊ TCHAU PARA O SEU IPOD!

Já começou...o próximo passo da tecnologia é ao invés de vc entrar nela.
Ela entrar em vc.



O ESQUELETO HUMANO PODE TRANSMITIR DADOS DIGITAIS!
A espinha dorsal é conectada ao pescoço que então é ligado ao telefone celular. É mais ou menos assim que pensam os pesquisadores Lin Zhong e Michael Liebschner. A dupla pretende utilizar o esqueleto para transmitir comandos com segurança e confiança para dispositívos vestíveis e implantes médicos. A pesquisa pode também levar a novas formas de controle de aparelhos por pessoas portadoras de deficências.

Sinais de rádio já são utilizados para controlar aparelhos e implantes, mas podem sofrer interferência, o que os torna não-confiáveis e, no caso de implantes médicos, até mesmo perigosos. Além de tudo, poderiam ser hackeados por qualquer um com conhecimento, diz Liebschner.

A equipe decidiu, para fugir deste tipo de problema, utilizar ondas sonoras em vez das de rádio. É sabido que o osso é um excelente condutor de ondas sonoras, mas até agora só foi utilizado para transmitir sinais analógicos, para ver como o osso está se curando após uma fratura, por exemplo.

Para verificar se o osso pode transmitir sinais digitais através de longas distâncias, de um sensor no pulso para um fone, por exemplo, o time aplicou um pequeno vibrador a várias partes do corpo. A equipe descobriu que determinadas freqüências são melhor conduzidas em certas partes do corpo e com uma precisão impressionante.
Os pesquisadores sugerem aplicações, como um vibrador em um aparelho de pulso que recebe e envia dados que poderia dizer a um implante colocado próximo a um osso que liberasse certa quantidade de um remédio. Outra aplicação seria, por exemplo, atender o telefone apenas batendo os dentes. Seria possível também transmitir dados através de um aperto de mãos.

Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 18h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DOIS DEDOS DE GELO NUM COPO D'ÁGUA
DOIS DEDOS DE ÁGUA NUM COPO DE GELO



A diferença é que...
o iceberg sou eu.
Parece bem pouco visto de fora,
mas se me encara e tromba de frente, compra uma briga beeeem grande!


Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 09h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




EU, MEU SAMURAI!



Eu
com meus códigos de ética,
com minha ancestral reverência à natureza e aos antepassados.
com o carinho que cuido da criança que fui.

Eu
com minhas virtudes ultrapassadas,
com minha boa vontade,
com meus bons pensamentos,
com o otimismo e a esperança
dos quais faço barricada contra o mal que ataca e avança

Eu
que somo aos medos, os desejos
e neles me apoio,
e escalo
na tentativa de alcançar e ir além
do imenso e abissal muro da realidade que nos cerca,
nos acua.

Eu
com meu bom-mocismo,
com minha honestidade
com meu cinismo

Eu
com meu respeito ao próximo
com minha lealdade aos amigos, aos amores, aos senhores patrões

Eu
com minha egoísta e egocêntrica vontade de ajudar todo mundo.
com minha inocência de mudar o mundo

Eu
com minha dualidade.
Com toda a minha coragem e minha ausência da razão,
com minha guerra interna,
com meu raio de sol
com a minha tempestade
com minha guitarra elétrica que é espada e é escudo

Eu
que perdô-o aos que amei e por quem fui e sou rejeitado

Eu
que aguento calado.
que sofro e sonho de olhos fechados

Eu
incapaz de mentir
incapaz de ferir
incapaz de matar
incapaz de fazer o mal para ninguém mais além de mim

Eu
que só ataco em defesa

Eu
que mergulho em mim e que explodo em silêncio
no vácuo,no espaço, no útero da Incerteza

Eu
que já pensei o impensável
que já vi coisas indizíveis.

Eu
que levarei ao túmulo mais segredos dos outros, dos que os meus

Eu

Eu,eu,eu,eu
em constante luta contra toda a maldade do mundo.

Hoje foi que descobri que

EU
sou meu próprio SAMURAI!

Um SAMURAI fora do tempo,
Um SAMURAI dos dias atuais!


Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 17h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




1983, 1984...



1983,1984...
Michael Jackson começava a afinar o nariz. Eu era um molequinho e lembro que comecei a trabalhar
fazendo suco na academia de karatê do meu primo e do meu tio.
Com a grana do meu primeiro salário, comprei 3 compactos simples. Que nos EUA até hoje chamam de singles.
Say, Say, Say / No More Lonely Nights / Ghostbusters Theme.
Mas o que eu lembro de mais marcante é do detalhe que embora eu tenha comprado estes "discos" (como a gente chamava),
eu não tinha onde escutá-los. Então todo dia quando eu chegava em casa eu abria a gaveta da cômoda,
tirava os discos lá de dentro e viajava nas artes da capa, nas informações, naquela foto do Paul na contra-capa do "No More..."
naquela estação de trem, de madrugada. "-Quem será esse cara?" "O que ele fez pra estar tão só?"
Eram algumas das perguntas que eu me fazia. E acho que ainda faço até hoje quando escuto aquele solo de guitarra triste de David GIlmor. Um solo eterno, capaz de atravessar a memória do tempo tanto ao passado quanto ao futuro.
Demorou pra gente lá em casa ter grana pra comprar uma vitrola (como chamavam-se aqueles aparelhos de tocar discos)
Mas de certa forma, o contato com as imagens,o manusear da capa, o vinil e os sulcos misteriosos de onde saia o som, tudo isso incutiu em mim a magia, o amor e o respeito pela música como algo transcedental, uma verdadeira experiência religiosa para um garoto pobre da periferia da zona sul.
Antes mesmo de ter onde tocar, tocar a música pra mim, era tocar naqueles discos, naquelas capas.Eu podia pegar a música com as mãos.
Hoje com meus zilhões de mp3 dentro do meu ipod, eu de certa forma me alimento de música como sempre, mas no fundo, no fundo, não consigo evitar a nostalgia de uma época em que a música já tinha pra mim uma aura mágica, antes mesmo que eu pudesse escutar a primeira nota daquelas canções naqueles disquinhos, que eu demorei muuito pra saber como soavam.


Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 23h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




VELHINHOS DO BARULHO



Para protestar contra as condições paupérrimas a que estão relegados os velhinhos
da Inglaterra. Um cineasta britânico, juntou um grupo de 60 senhores e senhoras da terceira
idade para um documentário e dele surgiu...The Zimmers.
Um grupo de rock muuuito diferente e que virou mania na Internet com a interpretação
fantástica do hit do The Who "My Generation".
Frases como "I Hope I die Before I Get Old" (Eu espero morrer antes de ficar velho)
tomam proporções viscerais na interpretação deste que é desde já, um dos melhores grupos
de rock and roll que já surgiram na Terra. E se você ainda tem alguma dúvida,
é só conferir o video dele no You Tube:
http://www.youtube.com/watch?v=zqfFrCUrEbY

Tem coisas que só o rock and roll é capaz.
E por essa concorrência, nem os Rolling Stones esperavam.

Escrito por Paulo (Wences) Duarte às 07h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Votação
  Dê uma nota para meu blog